MEGA 94


discussao-deputados-discutem-briga-debate-1446216749214_1920x1476

Durante o período eleitoral, a política reina em rodas de conversas. E assim como o assunto torna-se bem comum, não é raro, também, que surjam desavenças causadas por diferenças políticas com aquele amigo, tia, ou outra pessoa que você gosta muito, não é mesmo?

Para quem, infelizmente, não escapou de uma briga por conta de política, algumas boas práticas podem ajudar a recuperar amizades perdidas e o bom relacionamento que existia com amigos ou familiares queridos.

Dicas para recuperar relacionamentos depois de brigas políticas: 
Espere a poeira abaixar
O tempo pode ser seu melhor aliado neste momento de tensão. Evite mandar mensagens, telefonar ou fazer qualquer tipo de interação.

Os ânimos de vitoriosos e frustrados com a derrota ainda estarão muito à flor da pele, então é bem possível que, na tentativa de consertar um desentendimento passado, surja uma nova briga indesejada. Tenha calma, porque tudo se ajeita.

Conversa
Passado o momento de tensão, procure a pessoa com quem você teve a desavença para uma conversa, um passeio ou uma outra oportunidade de encontro para que cada um exponha o que o deixou magoado na briga.

Uma conversa honesta é um bom caminho para virar a página da história do relacionamento – que não precisa, necessariamente, ter fim no atrito político.

Empatia

Colocar-se na posição do outro é uma das definições para empatia. E é justamente isso o que pode lhe ajudar a entender o que fez com que um amigo ou parente discordasse de você em uma discussão.

Tente observar o mundo a partir da perspectiva dessa pessoa. Desse modo, é possível compreender o que o faz pensar, opinar sobre determinado assunto de uma forma que você nunca teria imaginado.

Perdoar pode ser melhor do que apenas esquecer
De nada adianta voltar a se relacionar com o seu parente, mas, em cada pequeno novo atrito com a pessoa, trazer à tona o episódio das eleições. Isto é um sinal de que, na realidade, você não perdoou a briga.

Não faz mal não esquecer a desavença tida anteriormente: o importante é saber conviver com o passado e lidar com a história de vocês perdoando.

Perdoar pode ser melhor do que apenas esquecer
De nada adianta voltar a se relacionar com o seu parente, mas, em cada pequeno novo atrito com a pessoa, trazer à tona o episódio das eleições. Isto é um sinal de que, na realidade, você não perdoou a briga.

Não faz mal não esquecer a desavença tida anteriormente: o importante é saber conviver com o passado e lidar com a história de vocês perdoando.

Humildade
No momento da reconciliação, é comum que uma das partes se coloque no papel da pessoa que fez um enorme sacrifício para o reestabelecimento da relação e seja colocada em um pedestal – enquanto a outra é vista como “vilã”. Isso não é preciso. Basta que as duas partes sejam humildes e reconheçam seus erros na briga e que dedos não sejam apontados.

Vida além da política
Conversar sobre política faz parte de nosso cotidiano e é importante ter esse tipo de discussão sobre os caminhos que a sociedade deve seguir. Entretanto, vale lembrar que há outros tópicos que também são motivos de debate entre você, seus amigos e familiares e é sobre esses assuntos que os mantém próximos que você deve se recordar quando surgir alguma desavença motivada por política.

 



Fonte: Postado em: 30-10-2018


discussao-deputados-discutem-briga-debate-1446216749214_1920x1476

Durante o período eleitoral, a política reina em rodas de conversas. E assim como o assunto torna-se bem comum, não é raro, também, que surjam desavenças causadas por diferenças políticas com aquele amigo, tia, ou outra pessoa que você gosta muito, não é mesmo?

Para quem, infelizmente, não escapou de uma briga por conta de política, algumas boas práticas podem ajudar a recuperar amizades perdidas e o bom relacionamento que existia com amigos ou familiares queridos.

Dicas para recuperar relacionamentos depois de brigas políticas: 
Espere a poeira abaixar
O tempo pode ser seu melhor aliado neste momento de tensão. Evite mandar mensagens, telefonar ou fazer qualquer tipo de interação.

Os ânimos de vitoriosos e frustrados com a derrota ainda estarão muito à flor da pele, então é bem possível que, na tentativa de consertar um desentendimento passado, surja uma nova briga indesejada. Tenha calma, porque tudo se ajeita.

Conversa
Passado o momento de tensão, procure a pessoa com quem você teve a desavença para uma conversa, um passeio ou uma outra oportunidade de encontro para que cada um exponha o que o deixou magoado na briga.

Uma conversa honesta é um bom caminho para virar a página da história do relacionamento – que não precisa, necessariamente, ter fim no atrito político.

Empatia

Colocar-se na posição do outro é uma das definições para empatia. E é justamente isso o que pode lhe ajudar a entender o que fez com que um amigo ou parente discordasse de você em uma discussão.

Tente observar o mundo a partir da perspectiva dessa pessoa. Desse modo, é possível compreender o que o faz pensar, opinar sobre determinado assunto de uma forma que você nunca teria imaginado.

Perdoar pode ser melhor do que apenas esquecer
De nada adianta voltar a se relacionar com o seu parente, mas, em cada pequeno novo atrito com a pessoa, trazer à tona o episódio das eleições. Isto é um sinal de que, na realidade, você não perdoou a briga.

Não faz mal não esquecer a desavença tida anteriormente: o importante é saber conviver com o passado e lidar com a história de vocês perdoando.

Perdoar pode ser melhor do que apenas esquecer
De nada adianta voltar a se relacionar com o seu parente, mas, em cada pequeno novo atrito com a pessoa, trazer à tona o episódio das eleições. Isto é um sinal de que, na realidade, você não perdoou a briga.

Não faz mal não esquecer a desavença tida anteriormente: o importante é saber conviver com o passado e lidar com a história de vocês perdoando.

Humildade
No momento da reconciliação, é comum que uma das partes se coloque no papel da pessoa que fez um enorme sacrifício para o reestabelecimento da relação e seja colocada em um pedestal – enquanto a outra é vista como “vilã”. Isso não é preciso. Basta que as duas partes sejam humildes e reconheçam seus erros na briga e que dedos não sejam apontados.

Vida além da política
Conversar sobre política faz parte de nosso cotidiano e é importante ter esse tipo de discussão sobre os caminhos que a sociedade deve seguir. Entretanto, vale lembrar que há outros tópicos que também são motivos de debate entre você, seus amigos e familiares e é sobre esses assuntos que os mantém próximos que você deve se recordar quando surgir alguma desavença motivada por política.

 



Fonte: Postado em: 30-10-2018
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.