MEGA 94


fundo2

Já tivemos  5 dias de Expogrande repletos de muita diversões e shows muito esperados. E hoje começamos a semana final de exposição, então vamos falar um pouco sobre a carreira das atrações de hoje (14/04).

Thiago e Graciano

 

thiago-e-graciano01_19815442

 

Os meninos Thiago e Graciano se conhecem desde criança, eles cantavam juntos na igreja, e também na escola escola, para juntar dinheiro para a formatura. Na escola a dupla juntou-se com mais dois meninos e formaram a banda “Filhos da Terra”, mas após um acidente que levou a morte de um dos integrantes, a banda teve fim.

Em 2007 após muita insistência, e incentivo de amigos e familiares, nasceu, enfim, a dupla Thiago e Graciano. Os meninos enfrentaram muitas dificuldades durante sua trajetória, tiveram que abandonar seus serviçoes e dedicar-se somente a música. Desde então, eles respiram letras e melodias, com total dedicação e foco, compondo canções que falam de amor e despertam emoções, e no dia 22 de Abril eles completarão 9 anos de carreira.

Hoje em dia eles são uma das duplas  com maior destaque aqui em Campo Grande. Eles fazem em média 12 shows mensais com um público fiel e fãs apaixonados pela sua história e carreira.

Em setembro de 2013, a dupla assinou contrato com o escritório Western Promoções e Eventos, do empresário Joaquim Junior, que também deu início e agencia a carreira de Munhoz & Mariano.

As músicas “Fosse Eu”, “A Outra” , “Se Eu Fosse Rico” e “A Festa” foram os hits que fizeram com que eles ganhassem a estrada para apresentações em outros estados.

 

Fiduma e Jeca

SHOW1

 

Os meninos Pedro e Marcelo, do interior de São Paulo, estranhamente nasceram no mesmo dia, mês e ano, em 29 de abril de 1992, eles se conheceram em Ilha Solteira, na UNESP, onde cursavam Agronomia, foi lá que receberam os apelidos “Fiduma” e “Jeca”, que foi dado pelos veteranos da república em que moravam, os meninos tinham uma grande afinidade.

O primeiro show da dupla aconteceu quando foram convidados para se apresentarem em uma festa na república perto da faculdade que estudavam, o pagamento seria a própria entrada e o consume de bebidas e comidas. “Sabem como é né gente? Vida de universitário é sofrida!” brinca Fiduma. Sem ensaiar, apenas com um violão emprestado e um microfone amarrado com fita isolante num cabo de vassoura, conseguiram agradar a turma presente, recebendo o incentivo que precisavam para continuar.

Não foi num passe de mágica que as coisas começaram a dar certo, ao contrário, eles batalharam muito. “Por 3 anos a gente se apresentou na região da universidade e conciliamos com os estudos, era corrido mas valeu a pena” conta Jeca. Os amigos tentaram de todas as maneiras convencer os pais de que a música os daria um futuro desejado e não desistiram de seus sonhos e nem abandonariam os estudos.

No final de 2013 resolveram gravar um CD, e enquanto o trabalho não era finalizado, soltaram uma música na internet para ver a repercussão. Foi assim que “Anjo Chapadex” em pouco tempo alcançou grande popularidade e passou a ficar conhecida no Brasil inteiro. Em 2014, no início do ano, lançaram o CD “Fiduma e Jeca – Ao vivo pra quem veio” com participações de Cesar Menotti & Fabiano, João Carreiro & Capataz e Pedro Henrique & Fernando, o trabalho teve ótima aceitação e superou todas as despretensiosas expectativas, alçando projeção nacional.

A proporção do sucesso foi tanta que em maio de 2015 eles realizaram outro sonho: a gravação do primeiro DVD da carreira de Fiduma e Jeca intitulado “Depois da chuva”. O motivo do nome é que, além de ser uma das músicas do projeto, o DVD todo feito em céu aberto para aproximadamente 20 mil pessoas e na noite a chuva caiu forte, ainda assim o público não arredou os pés e esperou cessar para acompanhar do começo ao fim. “Passou rápido e hoje temos a alegria de ter em mãos um trabalho perfeito para nós, com participação de amigos como Cesar Menotti & Fabiano, Bruninho e Davi, João Carreiro e Munhoz e Mariano” diz Fiduma. “Escolhemos gravar no Parque de Exposições de São José do Rio Preto e a entrada era um quilo de alimento não perecível para doarmos à uma instituição carente da cidade, isso motivou ainda mais a gente para que tudo fosse maravilhoso.” Completa Jeca.

 

 



Fonte: Postado em: 14-04-2016


fundo2

Já tivemos  5 dias de Expogrande repletos de muita diversões e shows muito esperados. E hoje começamos a semana final de exposição, então vamos falar um pouco sobre a carreira das atrações de hoje (14/04).

Thiago e Graciano

 

thiago-e-graciano01_19815442

 

Os meninos Thiago e Graciano se conhecem desde criança, eles cantavam juntos na igreja, e também na escola escola, para juntar dinheiro para a formatura. Na escola a dupla juntou-se com mais dois meninos e formaram a banda “Filhos da Terra”, mas após um acidente que levou a morte de um dos integrantes, a banda teve fim.

Em 2007 após muita insistência, e incentivo de amigos e familiares, nasceu, enfim, a dupla Thiago e Graciano. Os meninos enfrentaram muitas dificuldades durante sua trajetória, tiveram que abandonar seus serviçoes e dedicar-se somente a música. Desde então, eles respiram letras e melodias, com total dedicação e foco, compondo canções que falam de amor e despertam emoções, e no dia 22 de Abril eles completarão 9 anos de carreira.

Hoje em dia eles são uma das duplas  com maior destaque aqui em Campo Grande. Eles fazem em média 12 shows mensais com um público fiel e fãs apaixonados pela sua história e carreira.

Em setembro de 2013, a dupla assinou contrato com o escritório Western Promoções e Eventos, do empresário Joaquim Junior, que também deu início e agencia a carreira de Munhoz & Mariano.

As músicas “Fosse Eu”, “A Outra” , “Se Eu Fosse Rico” e “A Festa” foram os hits que fizeram com que eles ganhassem a estrada para apresentações em outros estados.

 

Fiduma e Jeca

SHOW1

 

Os meninos Pedro e Marcelo, do interior de São Paulo, estranhamente nasceram no mesmo dia, mês e ano, em 29 de abril de 1992, eles se conheceram em Ilha Solteira, na UNESP, onde cursavam Agronomia, foi lá que receberam os apelidos “Fiduma” e “Jeca”, que foi dado pelos veteranos da república em que moravam, os meninos tinham uma grande afinidade.

O primeiro show da dupla aconteceu quando foram convidados para se apresentarem em uma festa na república perto da faculdade que estudavam, o pagamento seria a própria entrada e o consume de bebidas e comidas. “Sabem como é né gente? Vida de universitário é sofrida!” brinca Fiduma. Sem ensaiar, apenas com um violão emprestado e um microfone amarrado com fita isolante num cabo de vassoura, conseguiram agradar a turma presente, recebendo o incentivo que precisavam para continuar.

Não foi num passe de mágica que as coisas começaram a dar certo, ao contrário, eles batalharam muito. “Por 3 anos a gente se apresentou na região da universidade e conciliamos com os estudos, era corrido mas valeu a pena” conta Jeca. Os amigos tentaram de todas as maneiras convencer os pais de que a música os daria um futuro desejado e não desistiram de seus sonhos e nem abandonariam os estudos.

No final de 2013 resolveram gravar um CD, e enquanto o trabalho não era finalizado, soltaram uma música na internet para ver a repercussão. Foi assim que “Anjo Chapadex” em pouco tempo alcançou grande popularidade e passou a ficar conhecida no Brasil inteiro. Em 2014, no início do ano, lançaram o CD “Fiduma e Jeca – Ao vivo pra quem veio” com participações de Cesar Menotti & Fabiano, João Carreiro & Capataz e Pedro Henrique & Fernando, o trabalho teve ótima aceitação e superou todas as despretensiosas expectativas, alçando projeção nacional.

A proporção do sucesso foi tanta que em maio de 2015 eles realizaram outro sonho: a gravação do primeiro DVD da carreira de Fiduma e Jeca intitulado “Depois da chuva”. O motivo do nome é que, além de ser uma das músicas do projeto, o DVD todo feito em céu aberto para aproximadamente 20 mil pessoas e na noite a chuva caiu forte, ainda assim o público não arredou os pés e esperou cessar para acompanhar do começo ao fim. “Passou rápido e hoje temos a alegria de ter em mãos um trabalho perfeito para nós, com participação de amigos como Cesar Menotti & Fabiano, Bruninho e Davi, João Carreiro e Munhoz e Mariano” diz Fiduma. “Escolhemos gravar no Parque de Exposições de São José do Rio Preto e a entrada era um quilo de alimento não perecível para doarmos à uma instituição carente da cidade, isso motivou ainda mais a gente para que tudo fosse maravilhoso.” Completa Jeca.

 

 



Fonte: Postado em: 14-04-2016
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.