MEGA 94


drake-rio

Drake fechou o palco mundo do dia de estreia do Rock in Rio, sexta-feira, como uma das atrações mais esperadas. Não foi um show qualquer… Mesmo com muita expectativa do público, ele vetou a transmissão pela TV e internet. É claro que, quem não estava lá, ficou chateado, já que a transmissão é tão clássica quanto o próprio festival.

O brasileiro é um povo “biscoiteiro”, no bom sentido do termo. Quando um artista internacional vem ao Brasil, nesse caso no Rio de Janeiro, eles gostam de vê-los em rodas de samba, experimentando coxinha, visitando o cristo redentor, dando um passeio na praia de Copacabana e interagindo com os fãs calorosos. Drake não fez nada disso e isso foi percebido logo na chegada, já que ele não falou com os fãs que estava esperando no aeroporto. No entanto, ele fez o que tinha que fazer: um grande show.

Drake não é um dos maiores nomes do rap por qualquer motivo. Sua personalidade no palco é forte, suas músicas são extramente conhecidas e cativantes. Essa simpatia que o público pediu veio durante o show, soltando frases como “quero que os brasileiros tenham a melhor noite da vida” e depois que estava amando tocar no país.

“Essa foi a coisa mais divertida que já tive em muito tempo, obrigado. A minha primeira vez não será a minha última vez, então vejo vocês na próxima”, escreveu ele nas redes sociais, com as únicas fotos profissionais vistas, incluindo nas redes oficiais do evento. Será que ele também vetou fotos?

A plateia respondeu com muita vibração. Em muitos momentos, a música parava para que o público dominasse em coro. Quem estava lá, curtiu. No entanto, a decisão de não transmitir o show na televisão deixou um certo ranço. Parecia que o rapper não estava com muita vontade de fazer isso e estava só cumprindo um compromisso profissional, além de certo “estrelismo”.

Ele impressionou usando fogos de artifício em alguns momentos e fez um apanhando abrangente de seu repertório. Ele não costumava cantar as músicas inteiras. Era como um “remix” com trechos que iam se misturando. Isso não é inédito, Rihanna já fez isso no seu show no mesmo festival, mas há quem não goste tanto.

SETLIST

1. Started From The Botton
2. Jumpman
3. Both
4. Sting Section + Thophies + Crew Love
5. Headlines + All meblessing for
6. Free + Walk It My Way
7. Know Yourself
8. Energy
9. Goin’ Bad
10. Mob Ties
11. I’m Upset
12. Passionfruit
13. Hold One We Were Going Home
14. Controlla
15. Work
16. One Dance
17. Hotline Bling
18. Mia
19. Fake Love
20. No Guidance
21. Nice For What
22. In My Feelings
23. Look Alive
24. Sicko Mode
25. Nonstop



Fonte: Postado em: 30-09-2019


drake-rio

Drake fechou o palco mundo do dia de estreia do Rock in Rio, sexta-feira, como uma das atrações mais esperadas. Não foi um show qualquer… Mesmo com muita expectativa do público, ele vetou a transmissão pela TV e internet. É claro que, quem não estava lá, ficou chateado, já que a transmissão é tão clássica quanto o próprio festival.

O brasileiro é um povo “biscoiteiro”, no bom sentido do termo. Quando um artista internacional vem ao Brasil, nesse caso no Rio de Janeiro, eles gostam de vê-los em rodas de samba, experimentando coxinha, visitando o cristo redentor, dando um passeio na praia de Copacabana e interagindo com os fãs calorosos. Drake não fez nada disso e isso foi percebido logo na chegada, já que ele não falou com os fãs que estava esperando no aeroporto. No entanto, ele fez o que tinha que fazer: um grande show.

Drake não é um dos maiores nomes do rap por qualquer motivo. Sua personalidade no palco é forte, suas músicas são extramente conhecidas e cativantes. Essa simpatia que o público pediu veio durante o show, soltando frases como “quero que os brasileiros tenham a melhor noite da vida” e depois que estava amando tocar no país.

“Essa foi a coisa mais divertida que já tive em muito tempo, obrigado. A minha primeira vez não será a minha última vez, então vejo vocês na próxima”, escreveu ele nas redes sociais, com as únicas fotos profissionais vistas, incluindo nas redes oficiais do evento. Será que ele também vetou fotos?

A plateia respondeu com muita vibração. Em muitos momentos, a música parava para que o público dominasse em coro. Quem estava lá, curtiu. No entanto, a decisão de não transmitir o show na televisão deixou um certo ranço. Parecia que o rapper não estava com muita vontade de fazer isso e estava só cumprindo um compromisso profissional, além de certo “estrelismo”.

Ele impressionou usando fogos de artifício em alguns momentos e fez um apanhando abrangente de seu repertório. Ele não costumava cantar as músicas inteiras. Era como um “remix” com trechos que iam se misturando. Isso não é inédito, Rihanna já fez isso no seu show no mesmo festival, mas há quem não goste tanto.

SETLIST

1. Started From The Botton
2. Jumpman
3. Both
4. Sting Section + Thophies + Crew Love
5. Headlines + All meblessing for
6. Free + Walk It My Way
7. Know Yourself
8. Energy
9. Goin’ Bad
10. Mob Ties
11. I’m Upset
12. Passionfruit
13. Hold One We Were Going Home
14. Controlla
15. Work
16. One Dance
17. Hotline Bling
18. Mia
19. Fake Love
20. No Guidance
21. Nice For What
22. In My Feelings
23. Look Alive
24. Sicko Mode
25. Nonstop



Fonte: Postado em: 30-09-2019
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.