MEGA 94


t3

Estamos na metade do terceiro mês de 2020 e o Brasil já recebeu shows internacionais como Backstreet Boys, Little Mix, Maroon 5 e Kylie Minogue. No entanto, não dá para afirmar que tudo o que está planejado para este primeiro semestre está 100% garantido, vide a sucessão de adiamentos e cancelamentos que vem acontecendo dia após dia em vários outros países.

O mais recente deles foi na franquia Lollapalooza com o adiamento das edições argentina e do chile.

Confira quem mais já precisou alterar agenda por causa da pandemia do coronavírus:

Na música

O Coachella anunciou no início da semana que o evento marcado para abril será temporariamente transferido para outubro – e se os organizadores conseguirem reagendar todas as atrações, que incluía Anitta e Pabllo Vittar.

O SXSW, que começaria na próxima sexta-feira e teria show da dupla Anavitória, o Tomorrowland Winter, e o Ultra Music Festival em Miami foram definitivamente cancelados enquanto o Bentonville Film Festival, também nos EUA, remarcou os eventos para agosto na tentativa que tudo esteja controlado até lá.

The Who anunciou a suspensão de toda a sua turnê no Reino Unido, assim como Louis Tomlinson que mudou para agosto os shows de sua turnê solo e Madonna encerrou mais cedo a “Madame X Tour” com últimas datas também na Europa. Mariah Carey transferiu para novembro show que faria essa semana no Havaí. Nos Estados Unidos, nesta quinta, Cher, com 73 anos, também cancelou show e Ciara, que está grávida de seu terceiro filho preferiu não participar de evento no Texas na próxima semana. Justin Bieber trocou os estádios por arenas na nova turnê do álbum “Changes”.

O BTS cancelou datas na Ásia enquanto o Green Day resolveu apenas adiar, pelo menos por enquanto. O Pearl Jam também segurou os shows que faria na América do Norte a partir da próxima semana. Segundo o site do MSN, o BLACKPINK adiou planos do mini-álbum marcado inicialmente para março também em decorrência da pandemia. A premiação Kid’s Choice Award foi a primeira a cancelar realização e Jorge Drexler transmitiu recentemente seu show pela internet, sozinho em um teatro. O CMA Songwriters Series também está em pausa. Alessia Cara, Maroon 5 na Argentina e Colômbia, Tove Lo, Michael Bublé, Maluma também tiveram alterações na agenda. Uma festa de lançamento para o novo álbum do Niall Horan, pela iHeartRadio, foi cancelada. A cerimônia do Rock and Roll Hall of Fame marcada para 2 de maio também foi adiada nesta quinta, sem data posterior.

A premiação Juno, do Canadá, cancelou sua realização em 2020 em um anúncio feito também nesta quinta (12). No mesmo dia, Avril Lavigne, que já havia cancelado shows na Ásia, também não se apresentará com a turnê “Head Above Water” na Europa.

O coronavírus atinge também a vida particular dos artistas Katy Perry, também grávida, adiou a cerimônia do seu casamento com Orlando Bloom para evitar que convidados voem de avião.  A situação é tão alarmante que as perdas apenas na indústria da música estão estimadas em 5 bilhões de dólares.

No Brasil

O coronavírus também afetou planos de artistas aqui para o Brasil e de artistas nacionais lá fora. O Little Mix, por exemplo, tinha intenção de gravar o novo videoclipe do grupo por aqui e profissionais locais já haviam sido contatados. No entanto, tudo mudou antes mesmo de Perrie Edwards cancelar sua vinda e o show no GRLS Festival acontecer com três integrantes. O próprio festival GLRS teve uma baixa de última hora que muitos especulam ser pelo medo do coronavírus. A rapper Tierra Whack não veio e Ludmilla entrou no lugar no line-up do dia 7 de março. O Tokio Hotel desmarcou o show no dia 22 de março em São Paulo.

Fresno cancelou a apresentação em Lisboa, Portugal, no sábado 14. “Ficamos surpresos e inconformados com a velocidade em que a situação de alerta escalonou e temos certeza de que o forte impacto desta epidemia deva ser tratado com respeito e sempre prezando pela saúde e segurança dos nossos fãs”, disse a banda em nota oficial. Mesma atitude tomada pelo Jota Quest que possuía shows não apenas em Portugal, mas na França, Irlanda, Itália, Espanha, Inglaterra e Holanda. Jão adiou apresentações que faria neste final de semana em João Pessoa, Maceió e Campina Grande ainda sem data para nova realização e Alok também cancelou compromissos no exterior.

O cantor Di Ferrero atestou positivo para a doença e está em isolamento, mas se sentindo melhor. “Já estou isolado aqui alguns dias e ficarei mais alguns dias isolado. Tô sentindo como se tivesse uma gripe, mesmo, tava me sentindo com falta de ar e agora eu tô bem”, explicou aos fãs por meio do Instagram Stories.

A agenda da Marília Mendonça no exterior também está sendo revista.

Programas de TV e filmes

Nos Estados Unidos, programas como The Ellen Degeneres Show, The Late Show with Stephen Colbert, Dr Phil, The View, Live With Kelly And Ryan, The Tonight Show Starring Jimmy Fallon e o Late Night with Seth Meyers estão com a participação da plateia totalmente suspensa – atitude que pode ser tomada aqui no Brasil pela TV Globo. As produções das novas temporadas dos reality shows “Survivor” e “The Amazing Race”, assim como da série “Riverdale” foram suspensas sem data para recomeço.

Séries como “Grey’s Anatomy”, toda a franquia “NCIS” e “Grace and Frankie” estão com filmagens suspensas.

Entre os grandes estúdios de cinema também há a preocupação com a aglomeração em pre-estreias e lançamentos começam a ser repensados. O lançamento do novo filme “Pedro Coelho” foi transferido do dia 3 de abril para 7 de agosto enquanto o lançamento mundial de “Sem Tempo para Morrer”, o novo longa da franquia 007, sai do dia 2 de abril no Reino Unido e 10 de abril nos Estados Unidos para o dia 25 de novembro. A estreia de “Um Lugar Silencioso – Parte II” foi adiada nesta quinta, assim como “Velozes & Furiosos 9”, com participação de Cardi B, que sairia em abril e agora vai para 2021. A 20ª edição do Beverly Hills Film Festival e o Prague International Film Festival, em Praga, também foram suspensos sem nova data.

Nesta sexta (13), a distribuidora de “Trolls 2” também confirmou que a animação estrelada por Justin Timberlake e Anna Kendrick está sem data para estreia. A animação entraria nas salas de cinema de todo mundo dia 9 de abril.

Outro filme que teve parte da divulgação alterada foi “Mulan”. O tapete vermelho de pré-estreia da versão live-action aconteceria no dia 12 de março em Londres oi cancelado.

Outros eventos

Eventos de games e tecnologia (como E3 e o Game Developers Conference), a maior feira de empreendedores de “broadcast” dos Estados Unidos (a NAB SHOW) e o Hong Kong Filmart, o maior evento de cinema da Ásia, foram adiados ou cancelados.

 

Um dos cancelamentos mais chocantes foi a NBA. Toda a temporada do maior esporte norte-americano foi suspensa após um dos jogadores do Utah Jazz ter sido diagnosticado. O NCAA, também de basquete, por enquanto pretende continuar os jogos sem torcedores. Um dos maiores time da liga de baseball, o Seattle Mariners, não poderá jogar em caso depois do estado de Washington proibir qualquer aglomeração acima de 250 pessoas. Na Itália, a série A de futebol, está em pausa desde o último dia 9 de março. Mesma medida adotada pelos organizadores do Campeonato Espanhol, Liga dos Campeões e Liga Europa.

A Broadway, maior mercado de teatro dos Estados Unidos, está fechada temporariamente. Não há peças em cartaz até segunda ordem.

A tocha olímpica para os jogos de Tóquio, por enquanto mantido normalmente, foi acesa nesta quinta-feira (12) sem público. Apenas a presença de participantes da cerimônia e jornalistas foi autorizada pelo governo grego.

A Fórmula 1 cancelou o Grande Prêmio da China e a McLaren não vai correr o GP da Austrália após funcionário testar positivo.

 




Fonte: Postado em: 13-03-2020


t3

Estamos na metade do terceiro mês de 2020 e o Brasil já recebeu shows internacionais como Backstreet Boys, Little Mix, Maroon 5 e Kylie Minogue. No entanto, não dá para afirmar que tudo o que está planejado para este primeiro semestre está 100% garantido, vide a sucessão de adiamentos e cancelamentos que vem acontecendo dia após dia em vários outros países.

O mais recente deles foi na franquia Lollapalooza com o adiamento das edições argentina e do chile.

Confira quem mais já precisou alterar agenda por causa da pandemia do coronavírus:

Na música

O Coachella anunciou no início da semana que o evento marcado para abril será temporariamente transferido para outubro – e se os organizadores conseguirem reagendar todas as atrações, que incluía Anitta e Pabllo Vittar.

O SXSW, que começaria na próxima sexta-feira e teria show da dupla Anavitória, o Tomorrowland Winter, e o Ultra Music Festival em Miami foram definitivamente cancelados enquanto o Bentonville Film Festival, também nos EUA, remarcou os eventos para agosto na tentativa que tudo esteja controlado até lá.

The Who anunciou a suspensão de toda a sua turnê no Reino Unido, assim como Louis Tomlinson que mudou para agosto os shows de sua turnê solo e Madonna encerrou mais cedo a “Madame X Tour” com últimas datas também na Europa. Mariah Carey transferiu para novembro show que faria essa semana no Havaí. Nos Estados Unidos, nesta quinta, Cher, com 73 anos, também cancelou show e Ciara, que está grávida de seu terceiro filho preferiu não participar de evento no Texas na próxima semana. Justin Bieber trocou os estádios por arenas na nova turnê do álbum “Changes”.

O BTS cancelou datas na Ásia enquanto o Green Day resolveu apenas adiar, pelo menos por enquanto. O Pearl Jam também segurou os shows que faria na América do Norte a partir da próxima semana. Segundo o site do MSN, o BLACKPINK adiou planos do mini-álbum marcado inicialmente para março também em decorrência da pandemia. A premiação Kid’s Choice Award foi a primeira a cancelar realização e Jorge Drexler transmitiu recentemente seu show pela internet, sozinho em um teatro. O CMA Songwriters Series também está em pausa. Alessia Cara, Maroon 5 na Argentina e Colômbia, Tove Lo, Michael Bublé, Maluma também tiveram alterações na agenda. Uma festa de lançamento para o novo álbum do Niall Horan, pela iHeartRadio, foi cancelada. A cerimônia do Rock and Roll Hall of Fame marcada para 2 de maio também foi adiada nesta quinta, sem data posterior.

A premiação Juno, do Canadá, cancelou sua realização em 2020 em um anúncio feito também nesta quinta (12). No mesmo dia, Avril Lavigne, que já havia cancelado shows na Ásia, também não se apresentará com a turnê “Head Above Water” na Europa.

O coronavírus atinge também a vida particular dos artistas Katy Perry, também grávida, adiou a cerimônia do seu casamento com Orlando Bloom para evitar que convidados voem de avião.  A situação é tão alarmante que as perdas apenas na indústria da música estão estimadas em 5 bilhões de dólares.

No Brasil

O coronavírus também afetou planos de artistas aqui para o Brasil e de artistas nacionais lá fora. O Little Mix, por exemplo, tinha intenção de gravar o novo videoclipe do grupo por aqui e profissionais locais já haviam sido contatados. No entanto, tudo mudou antes mesmo de Perrie Edwards cancelar sua vinda e o show no GRLS Festival acontecer com três integrantes. O próprio festival GLRS teve uma baixa de última hora que muitos especulam ser pelo medo do coronavírus. A rapper Tierra Whack não veio e Ludmilla entrou no lugar no line-up do dia 7 de março. O Tokio Hotel desmarcou o show no dia 22 de março em São Paulo.

Fresno cancelou a apresentação em Lisboa, Portugal, no sábado 14. “Ficamos surpresos e inconformados com a velocidade em que a situação de alerta escalonou e temos certeza de que o forte impacto desta epidemia deva ser tratado com respeito e sempre prezando pela saúde e segurança dos nossos fãs”, disse a banda em nota oficial. Mesma atitude tomada pelo Jota Quest que possuía shows não apenas em Portugal, mas na França, Irlanda, Itália, Espanha, Inglaterra e Holanda. Jão adiou apresentações que faria neste final de semana em João Pessoa, Maceió e Campina Grande ainda sem data para nova realização e Alok também cancelou compromissos no exterior.

O cantor Di Ferrero atestou positivo para a doença e está em isolamento, mas se sentindo melhor. “Já estou isolado aqui alguns dias e ficarei mais alguns dias isolado. Tô sentindo como se tivesse uma gripe, mesmo, tava me sentindo com falta de ar e agora eu tô bem”, explicou aos fãs por meio do Instagram Stories.

A agenda da Marília Mendonça no exterior também está sendo revista.

Programas de TV e filmes

Nos Estados Unidos, programas como The Ellen Degeneres Show, The Late Show with Stephen Colbert, Dr Phil, The View, Live With Kelly And Ryan, The Tonight Show Starring Jimmy Fallon e o Late Night with Seth Meyers estão com a participação da plateia totalmente suspensa – atitude que pode ser tomada aqui no Brasil pela TV Globo. As produções das novas temporadas dos reality shows “Survivor” e “The Amazing Race”, assim como da série “Riverdale” foram suspensas sem data para recomeço.

Séries como “Grey’s Anatomy”, toda a franquia “NCIS” e “Grace and Frankie” estão com filmagens suspensas.

Entre os grandes estúdios de cinema também há a preocupação com a aglomeração em pre-estreias e lançamentos começam a ser repensados. O lançamento do novo filme “Pedro Coelho” foi transferido do dia 3 de abril para 7 de agosto enquanto o lançamento mundial de “Sem Tempo para Morrer”, o novo longa da franquia 007, sai do dia 2 de abril no Reino Unido e 10 de abril nos Estados Unidos para o dia 25 de novembro. A estreia de “Um Lugar Silencioso – Parte II” foi adiada nesta quinta, assim como “Velozes & Furiosos 9”, com participação de Cardi B, que sairia em abril e agora vai para 2021. A 20ª edição do Beverly Hills Film Festival e o Prague International Film Festival, em Praga, também foram suspensos sem nova data.

Nesta sexta (13), a distribuidora de “Trolls 2” também confirmou que a animação estrelada por Justin Timberlake e Anna Kendrick está sem data para estreia. A animação entraria nas salas de cinema de todo mundo dia 9 de abril.

Outro filme que teve parte da divulgação alterada foi “Mulan”. O tapete vermelho de pré-estreia da versão live-action aconteceria no dia 12 de março em Londres oi cancelado.

Outros eventos

Eventos de games e tecnologia (como E3 e o Game Developers Conference), a maior feira de empreendedores de “broadcast” dos Estados Unidos (a NAB SHOW) e o Hong Kong Filmart, o maior evento de cinema da Ásia, foram adiados ou cancelados.

 

Um dos cancelamentos mais chocantes foi a NBA. Toda a temporada do maior esporte norte-americano foi suspensa após um dos jogadores do Utah Jazz ter sido diagnosticado. O NCAA, também de basquete, por enquanto pretende continuar os jogos sem torcedores. Um dos maiores time da liga de baseball, o Seattle Mariners, não poderá jogar em caso depois do estado de Washington proibir qualquer aglomeração acima de 250 pessoas. Na Itália, a série A de futebol, está em pausa desde o último dia 9 de março. Mesma medida adotada pelos organizadores do Campeonato Espanhol, Liga dos Campeões e Liga Europa.

A Broadway, maior mercado de teatro dos Estados Unidos, está fechada temporariamente. Não há peças em cartaz até segunda ordem.

A tocha olímpica para os jogos de Tóquio, por enquanto mantido normalmente, foi acesa nesta quinta-feira (12) sem público. Apenas a presença de participantes da cerimônia e jornalistas foi autorizada pelo governo grego.

A Fórmula 1 cancelou o Grande Prêmio da China e a McLaren não vai correr o GP da Austrália após funcionário testar positivo.

 




Fonte: Postado em: 13-03-2020
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.