MEGA 94


taylor-swift

Ações que merecem ser reconhecidas!

Taylor Swift doou 113 mil dólares para a instituição Tennessee Equality Project, que luta contra uma série de leis discriminatórias no estado do Tennessee, nos Estados Unidos.

A doação foi anunciada pelo líder do projeto, Chris Sanders, em sua conta do Facebook. “Ela vê nossa luta no Tennessee e continua a adicionar sua voz a de muitas pessoas boas, incluindo líderes religiosos, que estão falando sobre amor em face ao medo”, escreveu.

Na publicação, uma carta escrita a mão por Taylor Swift está anexada. “Eu estou escrevendo para você para dizer que sou muito inspirada pelo trabalho que você faz”, diz a cantora para Sanders. “Por favor, transmita minha gratidão a eles [líderes de várias religiões], e aceite esta doação como uma forma de apoiar o trabalho que você e eles estão fazendo”, adiciona. E finaliza dizendo estar “muito grata por eles estarem dando um espaço para todas as pessoas poderem praticar sua religiosidade.”

A legislação em debate, no momento, se refere a três medidas específicas. Uma que permite que agências de adoção imponham valores religiosos e morais aos pais adotivos, tornando a adoção de crianças no Tennessee ainda mais arbitrária.

Outra que impede os governos estaduais e locais de tomarem medidas contra uma empresa com base em suas “políticas internas”. Ou seja, qualquer ação tomada dentro de um estabelecimento privado não poderia ser julgada pelo governo, dando liberdade para qualquer tipo de discriminação contra a comunidade LGBTQ+, ou outro grupo minoritário.

A terceira se refere aos transgêneros, exigindo que as escolas obriguem seus estudantes a usarem o banheiro de acordo com o sexo atribuído no momento do nascimento.

Essas medidas são consideradas discriminatórias pelos ativistas LGBTQ+s, que consideram extremamente necessário que exista uma força de resistência. E Taylor Swift se mostra uma grande aliada à comunidade. Parabéns, Taylor!



Fonte: Postado em: 10-04-2019


taylor-swift

Ações que merecem ser reconhecidas!

Taylor Swift doou 113 mil dólares para a instituição Tennessee Equality Project, que luta contra uma série de leis discriminatórias no estado do Tennessee, nos Estados Unidos.

A doação foi anunciada pelo líder do projeto, Chris Sanders, em sua conta do Facebook. “Ela vê nossa luta no Tennessee e continua a adicionar sua voz a de muitas pessoas boas, incluindo líderes religiosos, que estão falando sobre amor em face ao medo”, escreveu.

Na publicação, uma carta escrita a mão por Taylor Swift está anexada. “Eu estou escrevendo para você para dizer que sou muito inspirada pelo trabalho que você faz”, diz a cantora para Sanders. “Por favor, transmita minha gratidão a eles [líderes de várias religiões], e aceite esta doação como uma forma de apoiar o trabalho que você e eles estão fazendo”, adiciona. E finaliza dizendo estar “muito grata por eles estarem dando um espaço para todas as pessoas poderem praticar sua religiosidade.”

A legislação em debate, no momento, se refere a três medidas específicas. Uma que permite que agências de adoção imponham valores religiosos e morais aos pais adotivos, tornando a adoção de crianças no Tennessee ainda mais arbitrária.

Outra que impede os governos estaduais e locais de tomarem medidas contra uma empresa com base em suas “políticas internas”. Ou seja, qualquer ação tomada dentro de um estabelecimento privado não poderia ser julgada pelo governo, dando liberdade para qualquer tipo de discriminação contra a comunidade LGBTQ+, ou outro grupo minoritário.

A terceira se refere aos transgêneros, exigindo que as escolas obriguem seus estudantes a usarem o banheiro de acordo com o sexo atribuído no momento do nascimento.

Essas medidas são consideradas discriminatórias pelos ativistas LGBTQ+s, que consideram extremamente necessário que exista uma força de resistência. E Taylor Swift se mostra uma grande aliada à comunidade. Parabéns, Taylor!



Fonte: Postado em: 10-04-2019
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.