MEGA 94


Beyoncé chegou ao topo da parada de singles americana seis vezes em carreira solo. Mas ela não dá mais atenção para isso hoje em dia. “Ser nº1 não é mais minha prioridade”, diz em entrevista à revista Elle, que traz a cantora na capa, “minha verdadeira vitória é criar arte e um legado que viverá além de mim. Isso é gratificante”.

A relação de Beyoncé com seu trabalho mudou depois que ela amadureceu também sua relação com a vida pessoal. “Eu comecei a procurar por um significado mais profundo quando a vida começou a me ensinar lições que eu não sabia que precisava. O sucesso parece diferente para mim agora. Aprendi que toda dor e perde são de fato um presente. Passa por um aborto me ensinou que eu tinha que ser materna comigo antes de ser mãe de alguém. Depois eu tive Blue e a busca pelo meu propósito se totnrou muito mais profunda. Eu morri e renasci no meu relacionamento, e a busca pelo meu eu se torou ainda mais forte. É difícil para mim retroceder”, explica.

Na entrevista, Beyoncé fala sobre seu processo criativo, com o famoso “acampamento de compositores”. “Com novos projetos, eu reúno minha equipe para uma oração. Eu me certifico de que todos nós tenhamos clareza da intenção e do significado mais profundo. Eu dou meu melhor, e tento incentivar todos a fazerem o mesmo. Eu eventualmente dou tudo que tenho. Quando é lançado para o mundo, deixo ir, porque não é mais meu”, detalhou.




Fonte: Postado em: 10-12-2019


Beyoncé chegou ao topo da parada de singles americana seis vezes em carreira solo. Mas ela não dá mais atenção para isso hoje em dia. “Ser nº1 não é mais minha prioridade”, diz em entrevista à revista Elle, que traz a cantora na capa, “minha verdadeira vitória é criar arte e um legado que viverá além de mim. Isso é gratificante”.

A relação de Beyoncé com seu trabalho mudou depois que ela amadureceu também sua relação com a vida pessoal. “Eu comecei a procurar por um significado mais profundo quando a vida começou a me ensinar lições que eu não sabia que precisava. O sucesso parece diferente para mim agora. Aprendi que toda dor e perde são de fato um presente. Passa por um aborto me ensinou que eu tinha que ser materna comigo antes de ser mãe de alguém. Depois eu tive Blue e a busca pelo meu propósito se totnrou muito mais profunda. Eu morri e renasci no meu relacionamento, e a busca pelo meu eu se torou ainda mais forte. É difícil para mim retroceder”, explica.

Na entrevista, Beyoncé fala sobre seu processo criativo, com o famoso “acampamento de compositores”. “Com novos projetos, eu reúno minha equipe para uma oração. Eu me certifico de que todos nós tenhamos clareza da intenção e do significado mais profundo. Eu dou meu melhor, e tento incentivar todos a fazerem o mesmo. Eu eventualmente dou tudo que tenho. Quando é lançado para o mundo, deixo ir, porque não é mais meu”, detalhou.




Fonte: Postado em: 10-12-2019
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.